Governo Federal - Links


ESTUDOS EM MEMÓRIA SOCIAL I

A memória como fenômeno social. A fundação do campo de estudos em memória social. A constituição da Memória Social enquanto objeto no contexto das Ciências Humanas. Principais abordagens teóricas e metodológicas (a construção do conhecimento a partir da memória social). Representações de tempo em diferentes sociedades: tempo cíclico, tempo mítico e tempo linear ou histórico. Memória Social, mito e narrativa. Memória Social e História. Memória Social e memória individual. Memória coletiva. Memória Social, linguagem e sistemas simbólicos. Memória Social, tradição e criação. A conjugação da lembrança e do esquecimento na construção da Memória Social. Memória Social e relações de poder.

ESTUDOS EM MEMÓRIA SOCIAL Ii

Estudos aprofundados em Memória Social. Estudos de caso e monografias. Discernimento das singularidades e diferenças entre posições teóricas que tomam a Memória Social como objeto de estudos.  Construções de memórias sociais conflitantes a partir de lugares diferenciados. A construção da alteridade e da subjetividade na produção do conhecimento a partir da Memória Social. A crítica ao positivismo e o surgimento de novas abordagens no contexto teórico e metodológico. Memória Social e contemporaneidade.  O impacto das novas tecnologias: as redes de memória. Disputas, contra-memórias e estratégias de resistência.

MEMÓRIA SOCIAL E INSTITUIÇÃO                                   

Memória social e processos de institucionalização. Relações de poder e saber como práticas sociais e institucionais. Identidade e Instituição. Construção, mediação e representação da memória: corpo e arquivo. Estruturas da memória: virtualidade, historicidade. Materiais da memória coletiva e da história: documentos e monumentos. As instituições-memória: arquivos, bibliotecas, museus.  

MEMÓRIA E Patrimônio

Estudos sobre as configurações de patrimônios como práticas sociais que visam a indexar e a representar fragmentos da memória social. As formulações de políticas patrimoniais como resultados de dinâmicas entre lembranças e esquecimentos e em diferentes contextos de disputas entre grupos sociais. Reflexões sobre patrimônios em suas múltiplas dimensões e conexões: tangível, intangível, natural, genético e digital. Redes de memória e relações interculturais. As relações entre coleções, narrativas e trajetórias sociais. As tensões entre as determinações sócio-políticas, as resistências sociais e a criação de novas formas de colecionamento e patrimonialização.

MEMÓRIA E espaço

Estudo das relações espaç-temporais e o fenômeno da memória, em suas inúmeras possibilidades de discussão, numa perspectiva conceitual e interdisciplinar. Reflexão sobre os processos de apropriação e uso do espaço e seus reflexos na construção da identidade de grupos, gêneros, comunidades. Movimentos migratórios. A organização do espaço e a sacralização do lugar: memória e mito. Representações simbólicas do espaço e as transformações urbanas. Memória, trabalho e lutas sociais. Cidade e práticas culturais.

MEMÓRIA E linguagem

Relação entre linguagem e construção da memória. A linguagem como elemento fundamental do estabelecimento de elos de agregação identitária e constituidor da memória. A produção de sentidos e sua mediação. Os atores sociais e suas linguagens. O conceito de discurso e as práticas discursivas. As marcas discursivas evidenciadoras de estratégias de produção de sentido e de identidade. As escolhas lingüístico-discursivas que emanam das relações de poder e as que ajudam a manter ou a construir novas relações. 

MEMÓRIA E diferença

Análise das estratégias de memória e estratégias de relação com a diferença: segregação, exclusão, assimilação, estranhamento. O problema das fronteiras entre grupos, comunidades, etnias. Resistência à diferença e resistência da diferença. O tempo e a dinâmica de instauração de diferenças. A produção de subjetividades e as transformações da memória diante dos jogos de poder. O esquecimento como produção social. A geração de valores e de  memórias diversas como resistência à imposição de uma memória única. 

Seminário de pesquisa

A pesquisa nas Ciências Humanas e Sociais. A especificidade da pesquisa no campo da Memória Social. Questões teórico-metodológicas específicas da linha de pesquisa. O processo de construção do objeto. Principais aspectos do processo de elaboração de dissertações e teses. Leitura e discussão de trabalhos acadêmicos representativos. 

Pesquisa orientada - mestrado

Acompanhamento individual ou em grupo das pesquisas desenvolvidas pelos mestrandos, visando a elaboração de suas respectivas dissertações, garantindo-se a utilização de referencial teórico-metodológico adequado, precisão conceitual e a coerência interna dos projetos. 

Pesquisa orientada - doutorado

Acompanhamento individual ou em grupo das pesquisas desenvolvidas pelos doutorandos, visando a elaboração de suas respectivas teses, garantindo-se a utilização de referencial teórico-metodológico adequado, precisão conceitual e a coerência interna dos projetos.

seminário de estágio de docência I

Planejamento, organização, desenvolvimento e avaliação de cursos, seminários e outras atividades vinculadas aos currículos dos cursos de graduação, bem como às linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Memória Social

seminário de estágio de docência II

Planejamento, organização, desenvolvimento e avaliação de cursos, seminários e outras atividades vinculadas aos currículos dos cursos de graduação, bem como às linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Memória Social

tópicos especiais em memória social I

Discussão e análise de tópicos específicos em Memória Social 

tópicos especiais em memória social Ii

Discussão e análise de tópicos específicos em Memória Social 

tópicos especiais em memória social Iii

Discussão e análise de tópicos específicos em Memória Social 

tópicos especiais em memória social Iv

Discussão e análise de tópicos específicos em Memória Social 

TÓPICOS ESPECIAIS EM MEMÓRIA SOCIAL V

Discussão e análise de tópicos específicos em Memória Social


atividades programadas i

Disseminação da produção acadêmica: apresentação de trabalhos em eventos de reconhecido mérito acadêmico; organização de eventos acadêmicos no Programa; participação em outras atividades acadêmicas que visam o desenvolvimento da dissertação ou tese. A participação nas atividades dependerá da aprovação do professor-orientador. 

atividades programadas ii

Disseminação da produção acadêmica: apresentação de trabalhos em eventos de reconhecido mérito acadêmico; organização de eventos acadêmicos no Programa; participação em outras atividades acadêmicas que visam o desenvolvimento da dissertação ou tese. A participação nas atividades dependerá da aprovação do professor-orientador. 

atividades programadas iii

Disseminação da produção acadêmica: apresentação de trabalhos em eventos de reconhecido mérito acadêmico; organização de eventos acadêmicos no Programa; participação em outras atividades acadêmicas que visam o desenvolvimento da dissertação ou tese. A participação nas atividades dependerá da aprovação do professor-orientador.