“Memória e Patrimônio da Saúde Pública no Brasil:
a trajetória de Sérgio Arouca”

Coordenadores da Pesquisa:

Profa. Dra. Regina Abreu: Doutora em Antropologia Social (Museu Nacional/UFRJ), Professora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Memória Social da Universidade do Rio de Janeiro – UNIRIO

Prof. Dr. Guilherme Franco Netto: Médico, Doutor em Epidemiologia (Universidade de Tulane – EUA). Coordenador Geral de Vigilância Ambiental em Saúde da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde

O material de pesquisa ora apresentado neste site foi confeccionado em um ano de trabalho pela equipe do projeto Memória e Patrimônio da Saúde Pública no Brasil: a trajetória de Sérgio Arouca conforme proposta de pesquisa apresentada ao Departamento de Ciência e Tecnologia – Decit – da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde no início de 2004 e objeto de contrato da Fiotec com a Unesco em maio de 2004. Cabe observar que o projeto teve início oficialmente em outubro de 2004 quando a Fiotec liberou a primeira parcela para contratação dos serviços. Desse modo, foi solicitada e concedida pela Unesco/Decit uma extensão de prazo para setembro de 2005.


Os resultados da pesquisa ora apresentados englobam textos sobre a trajetória de Sérgio Arouca, uma contextualização sócio-política do período em que ele viveu e uma cronologia, entrevistas realizadas com pessoas que conviveram com ele, além de razoável iconografia e uma bibliografia acerca dos temas correlatos à pesquisa. Aqui procuramos também apresentar os desdobramentos que começar a surgir da pesquisa, como artigos, participações em encontros, seminários e eventos, entre outros. Desnecessário dizer que este site estará em constante atualização, sempre aberto a novos produtos e reflexões sobre a trajetória de Sérgio Arouca, bem como da história da saúde pública e da política brasileiras nas últimas décadas.


Os textos sobre a trajetória de Sérgio Arouca e de contextualização sócio-política estão organizados em quatro fases aproximadamente coincidentes:

Fase I – (1941-1966) - Infância, Adolescência e Formação na Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto

Fase II – (1967-1975) - Trabalho como Professor e curso de Mestrado e Doutorado na Unicamp em Campinas

Fase III – (1976-1988) - Mudança para o Rio de Janeiro, contratação pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz, criação do CEBES, viagem à Nicarágua, nomeação como presidente da Fiocruz e nomeação como secretário Estadual de Saúde do Rio de Janeiro

Fase IV – (1989-2003) - Atividade como Deputado Federal, gestão na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro e na Secretaria de Gestão Participativa do Ministério da Saúde.


Quanto às entrevistas, foram contatadas cerca de setenta e cinco (75) pessoas que mantiveram relações significativas com Sérgio Arouca nestes diferentes períodos. Destas, cerca de cinqüenta (50) prestaram depoimentos que foram gravados em gravador cassete e filmados em vídeo digital. Todos os depoentes bem como os locais pesquisados foram fotografados com o intuito de compor um arquivo iconográfico da pesquisa. A equipe se deslocou em diferentes locais nas cidades onde os depoimentos foram colhidos: Ribeirão Preto, São Paulo, Campinas, Brasília e Rio de Janeiro. Os depoimentos colhidos foram transcritos e editados em DVD com a finalidade de compor um Banco de Dados em formato digital.


Os documentos produzidos pelo projeto foram doados para a Casa de Osvaldo Cruz, que os arquivará e os disponibilizará para o público segundo os procedimentos técnicos da Biblioteca Virtual de Saúde OPS-Bireme.  


A finalização desta etapa da pesquisa sobre a trajetória de Sérgio Arouca representa o primeiro passo para a realização de dois produtos que se delinearam ao longo do projeto: edição de um livro e de um documentário para a divulgação do material. Outro fruto importante é este site. Esperamos que ele cumpra sua função de democratizador das informações e materiais que reunimos, mas que leve também a novas reflexões e à busca de novos caminhos não apenas por seus visitantes, mas especialmente pelos realizadores desta pesquisa. Por fim, esperamos que este material sirva a variados propósitos. Temos certeza de que ele servirá não apenas aos interessados na trajetória de Sérgio Arouca, mas de forma mais ampla a todos aqueles que buscam refletir (seja para pesquisa ou para informação pessoal) acerca da realidade brasileira das últimas décadas.


Coordenação:

UNIRIO – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro


PPGMS - Programa de Pós-Graduação em Memória Social

Financiamento:

  

DECIT – Departamento de Ciência e Tecnologia – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos

Projeto:

PRODOC 914 BRA 2000 – UNESCO

Instituição Signatária:

FIOTEC – Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde

Apoio:

FIOCRUZ – Fundação Oswaldo Cruz

Produção:

Para outras informações sobre Sérgio Arouca,
visite a Biblioteca Virtual Sérgio Arouca.

Esta pesquisa foi realizada no contexto da cooperação UNESCO/DECIT-MS,
Projeto 914BRA2000 Decit PRODOC.
As opiniões expressas são de responsabilidade dos autores
e não refletem necessariamente a visão da UNESCO sobre o assunto.



Abertura | Apresentação | Equipe
Contexto Sócio-Político | Fases da Trajetória | Cronologia | Depoimentos
Relatórios Finais da Pesquisa | Desdobramentos da Pesquisa | Bibliografia